segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011





“O tempo, de vento em vento, desmanchou o penteado arrumadinho de várias certezas que eu tinha, e algumas vezes descabelou completamente a minha alma. Mesmo que isso tenha me assustado muito aqui e ali, no somatório de tudo, foi graça, alívio e abertura(...) A gente precisa é saber criar espaço, não importa o tamanho dos apertos”


( Ana Jácomo )

Um comentário:

• cynthia bs disse...

Olá Paula.
O layout aqui é lindo e os posts são muito fofos. Porém, estou seguindo esta "valsa da vida" e pretendo valsar muito aqui (:

Com amor,
Cynthia **