segunda-feira, 4 de abril de 2011



Enquanto ela imagina, sorri.
As borboletas estão em seu pensamento
assim como em seu estômago.
E é sempre, sempre assim, quando ela pensa nele.

Luciana Mira 

2 comentários:

♥ Luciana Mira ♥ disse...

Oi Paula! Muito obrigada eo seu comentário e fico super feliz em saber que você se identifica, e feliz também por ver você postando por aqui. Obrigada!

BEijinhos!

Ronaldo disse...

as borboletas estão sempre lá, aguardando a hora de fazer voada.

bjsss